A renúncia de Temer, um presente de Natal para o Brasil

http-fotospublicas-com-wp-content-uploads-2015-12-temer_impren09122015_032-880x380

O fim do governo Temer foi anunciado ontem pelo vazamento da delação do lobista da Odebrecht Claudio Melo Filho. Ao invés de esperar  por um descarte humilhante, seja por que via for, Temer prestaria um grande serviço ao Brasil renunciando ainda este ano, evitando mais um desastre político, a eleição indireta de um presidente pelo atual Congresso. Sua renúncia seria um presente de Natal para o Brasil, garantindo a convocação de eleições diretas sem a necessidade de um remendo constitucional em 2017. Na terça-feira os movimentos sociais farão atos em todo o país pedindo seu impeachment e diretas-já. Objetivamente, deviam pedir renúncia-já.

O maremoto Odebrecht apenas começou, mas as informações sobre uma primeira delação, publicadas nesta sexta-feira pelo Buzzfeed, reproduzidas pelo 247, confirmadas pela Folha de S. Paulo e finalmente lançadas com força ao ventilador pelo Jornal Nacional, acabam com as ilusões sobre uma travessia com o atual governo até 2018. Elas mostram que a “pinguela”, como diz FHC, só tem tábuas podres. O melhor amigo de Temer recebeu uma mala de dinheiro da empreiteira, parte dos R$ 10 milhões que ele pediu a Marcelo Odebrecht em jantar no Jaburu em 2014. Padilha e Moreira Franco, hoje os ministros mais próximos de Temer no Planalto, foram arrolados. Jucá, seu líder no Congresso, recebeu e administrou mais de R$ 22 milhões repassados pela empreiteira ao PMDB, em troca de favores no Senado. Renan e Rodrigo Maia não escaparam. Com esta pinguela de tábuas podres, não há travessia  possível até 2018, noves fora a calamidade econômica, que se nutre também do ceticismo sobre a duração e a sobrevida do governo.

O PSDB, agora também atingido pela revelação de pagamentos ilegais da empreiteira à campanha de Geraldo Alckmin, afora citações anteriores a Aécio Neves e José Serra, neste momento deve estar reavaliando sua estratégia, de fazer a travessia com Temer até 2018. Feito o “serviço sujo” do arrocho fiscal, estariam em condições de vencer a eleição presidencial.  Mas com o plano falhando, terão que mudar o jogo.  Afeito a uma “conciliação pelo alto”, o PSDB  pode embarcar nas indiretas com um salvador da pátria, seja ele FHC ou Nelson Jobim, ou mesmo Carmem Lucia. Agora, entretanto, este plano também perdeu consistência, diante das revelações sobre outros tucanos. FHC, por maior lucidez ou por conhecer as tábuas podres de seu partido, disse na entrevista a Mario Sergio Conti que se a pinguela Temer cair o Congresso terá que aprovar uma emenda constitucional permitindo a convocação de eleições diretas mesmo faltando menos de dois anos para o fim do mandato em curso, situação que hoje, pela Constituição, impõe a tragédia das indiretas.

As conjecturas sobre a queda de Temer precederam a delação do lobista da Odebrecht. O senador Luis Antonio Reguffe apresentou emenda reduzindo de dois para um ano o período de vacância no cargo em que a eleição de um novo presidente seria indireta. O deputado Miro Teixeira apresentou emenda semelhante na Câmara. Uma delas pode ser aprovada numa emergência,  se houver desfecho em 2017. Se Temer não premiar o Brasil com uma renúncia ainda este ano.

Os amantes do parlamentarismo sonham com a possibilidade de uma nova adoção emergencial da mudança do sistema de governo. Mas com este Congresso podre? Dificilmente a população chancelaria esta opção num plebiscito. O impeachment de Temer? O Congresso , depois do maremoto que mal começou, não terá autoridade alguma para afastar o parceiro do golpe contra Dilma.

No ritmo normal do Judiciário e da Lava Jato, quando as delações forem concluídas e homologadas, alguma atitude será tomada pelo procurador-geral da República, inclusive em relação a Temer. Mas isso não acontecerá antes de março, na melhor das hipóteses. E ainda com a incógnita sobre o que faria o STF, depois de vencido o pudor de decidir em nome da “governabilidade”. Por tudo, enquanto os sinos das delações badalam, “correr com a sela”, como disse Ciro Gomes, seria uma alternativa mais confortável para Temer e menos danosa para o país. Temer, corra com a sela antes que o bicho pegue! (247)

Lula lidera em todos os cenários de 1º turno para presidência em 2018

images-cms-image-000520948

Em nova pesquisa realizada pelo Datafolha e divulgada nesta segunda (12), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está na liderança em todos os cenários de primeiro turno da disputa pelo Planalto em 2018; o petista, que já liderava no último levantamento do instituto, realizado em julho, ampliou sua vantagem nas simulações; Lula venceria no segundo turno todos os três potenciais candidatos do PSDB, Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra, mas perderia para Marina Silva.

Aniversariante do Dia(12): Dona Durvalina Gomes

11990632_1478878282416300_233237455618649626_n

Uma das grandes bênçãos da vida é a experiência que os anos vividos nos concedem. Aniversariar é uma amostra das oportunidades que temos de aprender a contar.
Hoje, mais uma janela se abre diante de seus olhos, mais um espinho foi retirado da flor, restando somente a beleza de tão bela data.
Os sintomas da felicidade se traduzem do otimismo, na fé, na esperança e no empenho por se ser melhor a cada dia.
Continue trilhando pelo vales da vida, pois um dia encontrarás o mais belo jardim, o jardim que representará a realização de seus maiores sonhos.
Seja Feliz Hoje e Sempre!

Feliz Aniversário!

Mais uma vez: Vereador Ademar Nonato poderá ser o secretário de Infraestrutura de Lagoa Grande

download-1

Em Lagoa Grande(PE) o mistério em torno dos nomes do secretariado do prefeito eleito  Vilmar Cappellaro(PMDB) poderá começar a ser desvendado.

Segundo informações de bastidores, o único vereador que pode deixar a cadeira no legislativo para assumir uma secretaria, é o vereador Ademar Nonato(PMDB).

Ainda de acordo com informações, Ademar já teria fechado acordo com Cappellaro para ir pra secretaria de Infraestrutura e o suplente Mantena assumiria a cadeira na Casa Zeferino Nunes.

Nonato que nessa gestão do prefeito Dhoni Amorim(PSB) quando aliado do grupo Amorim esteve ocupando o cargo numa gestão turbulenta na referida secretaria, ele não chegou nem a esquentar a cadeira e saiu em Setembro de 2013 e ao sair rachou com o prefeito Dhoni Amorim e seu grupo.

Com  Ademar Nonato para a secretaria de infraestrutura,  já ficaria descartada a possibilidade do mesmo vir a ser candidato na disputa pela presidência da Casa Zeferino Nunes.

Senac está com inscrições para cursos técnicos a distância em Caruaru e Petrolina

senac

Estão abertas as inscrições para os cursos técnicos na modalidade Educação a Distância (EAD) no Senac. A instituição oferece um total de 120 vagas para quatro cursos nas unidades de Caruaru e Petrolina. Os interessados devem realizar a inscrição até o dia 19 de março de 2017, através do site www.ead.senac.br. Os investimentos variam de R$ 169 a R$ 299, conforme o módulo escolhido. As aulas, que iniciam no dia 03 de abril, oferecem conteúdo virtual e encontros presenciais realizados uma vez por mês no polo vinculado, com participação de profissionais via webconferência.

“Hoje, o aluno consegue realizar todo o processo de inscrição virtualmente, podendo entregar sua documentação até o fim do primeiro módulo, no polo em que se inscreveu. É uma ótima oportunidade para aqueles que não têm tempo para estudar no presencial e possuem dificuldades de transporte, pois garantimos a flexibilidade de horário para os alunos estudarem com profissionais qualificados, no melhor ensino a distância do país”, comenta a analista de EAD da instituição, Mônica Glória.

Além do nível técnico, o Senac tem vagas de educação a distância também para os cursos livres e superiores. Atualmente são 137 cursos livres em diversas áreas, como Beleza, Comércio, Comunicação, Gestão, Hospitalidade, Produção Alimentícia, Idiomas, Informática, Meio Ambiente, Moda, Saúde, Segurança e Turismo. As inscrições também são feitas pelo site. Mais informações: (81) 3413-6728 / 6729/ 6730/6783.

Confira a tabela com os cursos ofertados em cada polo:

imagem1

Nota Oficial – Oposição condena prisão de dirigentes da ACS e cobra diálogo

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco condena a prisão do presidente e vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), Alberisson Carlos e Nadelson Leite, ocorridas na tarde desta sexta-feira (9), durante realização de assembleia conjunta de policiais e bombeiros militares.

Para o líder da Bancada, Silvio Costa Filho (PRB), a medida não contribui para que o Governo do Estado e os agentes de segurança cheguem um acordo. “Uma atitude autoritária só contribui para tensionar ainda mais as relações entre a categoria e o Estado, enquanto a sociedade clama para que as duas partes cheguem ao entendimento”, avaliou. Silvio lembra que, preocupada com o crescimento da criminalidade e o aumento da tensão entre a corporação e o Governo, a Oposição protocolou há dois meses pedido de audiência com o governador para discutir a segurança.

Vice-líder oposicionista, o deputado Joel da Harpa (PTN) também se posicionou contra a prisão. “A categoria estava iniciando a assembleia, portanto não se chegou sequer a falar em greve ou qualquer outra ação. O Governo, que encerrou a mesa de negociação com as associações, voltar a agir de maneira arbitrária, prendendo o presidente e vice da associação. Isso que está acontecendo em Pernambuco é inaceitável num Estado democrático de direito”, criticou.

Para os parlamentares, o momento é de se construir o diálogo, principalmente levando-se em conta que Pernambuco caminha para o terceiro ano seguido de crescimento no número dos homicídios, com aumento também dos assaltos a ônibus, ataques a bancos, roubos de veículos, entre outros crimes.

“A sociedade pernambucana não pode continuar acuada, pagando o maior de todos os impostos, o do medo. Fazemos mais uma vez o apelo pelo diálogo como forma de se buscar o entendimento. Medidas arbitrárias e a radicalização entre policiais e Estado aumentam a sensação de insegurança que já vivemos e penaliza, ainda mais, a população pernambucana”, ponderou Silvio.

Entrada apoteótica de Herodes ​será uma das novidades da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém

a3-copy

a1-copy

No ano do seu cinquentenário, a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, que acontecerá de 8 a 15 de abril de 2017, trará inúmeras inovações cenográficas. Uma delas poderá ser vista no cenário do Palácio de Herodes onde acontece o Bacanal. É durante essa festa que chegam os sacerdotes Anás e Caifaz levando Jesus preso para que o Rei Herodes o julgue.

A novidade introduzida nessa cena será a entrada apoteótica do Rei Herodes (Raphael Vianna) e sua Rainha Herodíades (Aline Riscado) em uma suntuosa e gigantesca carruagem dourada, conduzida por dezesseis escravos mascarados, usando figurinos negros, passando um clima de mistério e revelando toda a imponência do Rei da Galiléia. A cena da entrada triunfal do monarca também está entre as passagens que farão parte dos filmes de divulgação da Paixão de Cristo gravados em Nova Jerusalém de 6 a 11 de dezembro com direção do cineasta Eduardo Morotó.

Também fazem parte do elenco os artistas Rômulo Neto (Jesus), Letícia Birkheuer, (Maria), Joaquim Lopes (Pilatos), Adriana Birolli (Madalena) e o modelo e ator Jesus Luz (João – apóstolo),

Para a temporada 2017 da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, a venda de ingressos por meio do site oficial (www.novajerusalem.com.br) será iniciada a partir desta segunda-feira, dia 12 de dezembro. As entradas para o espetáculo custarão de R$ 100,00 a R$ 140,00, dependendo do dia, com direito a meia-entrada. Nas compras feitas pelo site, o valor do ingresso poderá ser parcelado em até 12 vezes nos cartões de crédito.

Mauro Gomes
Jornalista

Guilherme Coelho recebe lideranças de Cabrobó em café da manhã

img_8573

img_8593

Depois do sucesso dos encontros de fim de ano realizados em Petrolina nas últimas semanas,  Guilherme Coelho abre o leque para se confraternizar também com lideranças de cidades do sertão pernambucano. Na manhã de hoje (10/12), um café marcou o encontro do político com os amigos de Cabrobó.

Quem articulou a comunidade local foi a líder Waleska Caldas, a quem Guilherme agradeceu prontamente em sua fala. “Waleska tem sido uma parceira muito importante em Cabrobó”, ressaltou.

Na ocasião, também estiveram presentes vereadores eleitos no último pleito, Zezito Salu (PDT), Avanildo Lili (PRTB), e Barná Russo (PMDB),  e o líder do PSB no município, Antônio de Nestor, que concorreu ao cargo de prefeito junto ao seu vice, Mailson Novaes. “Guilherme esteve conosco durante a campanha, bem como apoiando os nossos vereadores, e este café da manhã mostra seu compromisso e atenção com os cabroboenses para além do período de campanha”, destacou Nestor.

Além rever os amigos de Cabrobó, Guilherme Coelho atualizou os presentes sobre a regulamentação da Lei de Renegociação de Dívidas Rurais junto ao Banco do Nordeste, anunciada na sexta-feira pelo presidente da república. Também ressaltou o grande potencial produtivo de Cabrobó, que precisa ser melhor aproveitado, principalmente no campo da irrigação.

Texto e fotos: Ricardo Alves

Assessoria de Imprensa 

O presidente sanguinário e a sua Reforma da Previdência

download

O cenário político do nosso país tem exigido das organizações sociais e sindicais e da Igreja um verdadeiro levante. Uma ação que cobre ao Governo Federal e ao Parlamento mais compromisso e responsabilidade com a população, mostrando que não é possível agir tão deliberadamente, sangrando os mais pobres para pagar os juros da dívida pública. Só a Reforma da Previdência, pauta atual do Congresso, trará um enorme prejuízo para mais de milhão de pessoas do campo pernambucano, que trabalham e esperam, na velhice, uma aposentadoria que as permita viver com dignidade.  Isso sem contar os retrocessos causados à vida da população rural pela PEC55 e extinção do Ministério de Desenvolvimento Agrário, para não citar outros desmandos.

Na agricultura familiar, as pessoas iniciam suas atividades muito cedo, trabalhando, em média, 45 anos. Atualmente, a idade mínima para se aposentar nessa categoria é de 55/60 anos (mulheres/homens) e 15 anos de contribuição. Com a  Reforma apresentada pelo Governo Federal, a idade mínima será de 65 anos para homens e mulheres e o tempo mínimo de contribuição de 25 anos. A proposta ainda prevê a redução dos salários e o fim das pensões. Um conjunto de ações que condena milhões de pessoas, em todo o país, a própria sorte, pois vivendo em condições precárias, e sem acesso a políticas públicas adequadas e programas sociais, muitas morrerão antes de fazer jus a sua aposentadoria.

Sem qualquer preocupação com essas questões sociais, mas somente visando ao capital, o Governo, para atingir seus objetivos, tem apresentado a falsa informação de que há um rombo na Previdência. O argumento é de que foi deixado um déficit, em 2015, de 85 bilhões. Números esses que são questionados pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), que anuncia um superávit de 24 bilhões, no mesmo ano.

O governo esconde que a constituição Federal de 1988 estabelece no artigo 195 que a previdência social, a saúde e a assistência social fazem parte da seguridade social e, segundo a Anfip, possuem diversas fontes de financiamento, como contribuições sobre a folha de pagamentos, sobre o lucro das empresas, sobre importações e mesmo parte dos concursos promovidos pelas loterias da Caixa Econômica. Para a Associação, com esses recursos, a Previdência estaria a salva.

O que o atual governo não aceita é que milhares de pessoas, nos últimos anos, tenham comemorado o aumento da expectativa de vida, resultado de políticas de valorização dos trabalhadores e trabalhadoras, em especial, os rurais que, com suas aposentadorias, têm assegurado um envelhecimento com qualidade de vida.

Por tudo isso, é inadmissível imaginar que essa reforma proposta pelo Governo Federal possa passar no Congresso. Os representantes dos três poderes têm expressado, todos os dias, um total desrespeito em relação aos anseios da população brasileira, especialmente quando o assunto é a preservação de direitos historicamente conquistados pelos trabalhadores e trabalhadoras. Não é possível que os parlamentares deem mais esse voto em prol da desigualdade e das injustiças sociais.

Por: Doriel Barros – Presidente da Fetape

Sala dos advogados e parlatório do Presídio Edvaldo Gomes foram reformados

whatsapp-image-2016-12-07-at-10-37-01

A Ordem dos Advogados do Brasil, Subseccional Petrolina (OAB), a Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (CAAPE) e Direção da Unidade Prisional Dr. Edvaldo Gomes inauguram nesta terça-feira, 13, a nova sala de espera para advogados e o parlatório da penitenciaria da cidade, localizada na Avenida Fazenda Jatobá, 640, Henrique Leite. A solenidade terá inicio a partir das 11h30min.

O espaço foi totalmente reformado, climatizado e conta com total estrutura e equipamentos para os serviços dos advogados, como computador com acesso a internet, impressora e intercomunicador com o plantão. De acordo com o presidente da OAB Petrolina, advogado Alexandre Torres, o objetivo da ação foi garantir um espaço com mais conforto e segurança para o advogado na espera e atendimento do seu cliente.

A inauguração contará com a presença do presidente da CAAPE, Bruno Albuquerque Baptista, do diretor da unidade local, Alessandro Barbosa Martins, da diretoria local da OAB e de advogados de toda subseccional.