Clisertão Escola faz o diálogo da literatura com a educação, em Petrolina

Clisertão-Escola-@017-607x306

O Congresso Internacional do Livro, Leitura e Literatura no Sertão (Clisertão), evento bienal programado para 2018, realiza neste ano uma edição especial, totalmente dedicada à educação. É o Clisertão Escola, que irá acontecer entre os dias 9 e 12 de maio, em diversos locais de Petrolina. O evento é uma realização da Universidade de Pernambuco – campus Petrolina/Colegiado de Letras-, em parceria com o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e Fundarpe.

A marca da política cultural do Estado, em seu eixo que promove o diálogo da Cultura com a Educação, estará representado no Clisertão escola pela presença do projeto Outras Palavras. Conduzido pela Secretaria de Cultura e Fundarpe, o Outras Palavras, desde sua criação, já esteve presente em 254 escolas de Pernambuco, atingindo 2.651 estudantes e entregando 3.683 livros de autores pernambucanos às instituições. Durante o Clisertão Escola, mais uma vez o projeto promoverá diálogos com escritores, artistas e doará livros pernambucanos às bibliotecas das escolas de Petrolina.  Na programação completa do Clisertão Escola constam 28 atividades, que envolverão 117 escolas e cerca de 5.200 alunos e professores de Petrolina.

Algumas ações descentralizadas (marcas das primeiras edições) estão novamente confirmadas no Clisertão Escola. Entre elas, o “Clisertãozinho”, com teatro e contação de histórias com coordenação de Rossana Ramos,  o “Ecoleituras”, leitura semiótica no Sítio Arqueológico Açude das Pedras – Distrito de Rajada e o “Ai, se sêsse”, recital para alunos e professores, com o poeta Chico Pedrosa. De acordo com o coordenador do projeto e professor da universidade de Pernambuco, Genivaldo do Nascimento: “O objetivo é fazer com que os livros, a leitura, a literatura e a memória cheguem às nossas escolas e alunos do município de Petrolina.”

Para a vice-presidente da Fundarpe, Antonieta Trindade, o evento irá fortalecer ainda mais o diálogo da cultura com a educação, a partir de Petrolina, para depois levar o Outras Palavras para outros territórios do Sertão. “No segundo semestre vamos fortalecer essa integração com o Sertão, chegando a Salgueiro, Floresta e outras regiões importantes, levando os escritores pernambucanos para esses lugares e também buscando revelar novos nomes da literatura destes municípios”, ressalta Antonieta.

O Outras Palavras comporá a programação do Clisertão Escola no dia 12 de maio. No Erem Dom Malan, das 8h às 12h, haverá bate papo com o escritor Mário Filipe, vencedor do 3º Prêmio Pernambuco de Literatura, com o  livro Caninos Amarelados e com o Patrimônio Vivo de Pernambuco Dedé Monteiro, que fará recital poético.

clisertão-1

Outro destaque da programação do Clisertão Escola é a palestra com o cordelista J. Borges, também Patrimônio Vivo de Pernambuco e um dos maiores artistas populares da América Latina. Algumas ações vão continuar acontecendo mesmo depois dos dias do evento, durante o primeiro semestre. Em exemplo o “Projeto Tomar”, que consiste na doação monitorada de livros em escolas. Cada aluno escolherá o livro e dirá o tempo máximo para a leitura. Em seguida, passará o livro para outra pessoa de sua escolha. Os estudantes de Letras acompanharão o percurso do livro entrando em contato com o aluno-leitor.

A Comissão Organizadora do Clisertão Escola, organiza também o “II Prêmio Clisertão” de Leitura. A organização premiará, com primeiros, segundos e terceiros lugares, professores da Rede Municipal de Ensino de Petrolina em efetivo exercício (do quadro permanente ou não de funcionários) autores de propostas inovadoras de leitura desenvolvidas em 2013 e 2017.

IMG_0797-607x452

A programação contempla ainda o “Concurso estudantil de cinema um minutinho”, que tem por objetivo estimular, entre os estudantes da Rede Estadual de Ensino, o desenvolvimento da produção audiovisual voltada para o universo do livro, leitura, literatura e memória. O concurso será realizado na Escola Estadual Eduardo Coelho, no dia 11/5, das 19h às 21h30. Serão recebidos trabalhos em DVD, independente do formato que originalmente foi concebido o curta. Os interessados poderão se inscrever nas escolas da Rede Estadual de Ensino, de forma gratuita, no período de 11 a 28 de abril. Os filmes selecionados serão divulgados,através de email, pela GRE no dia 5 de maio, às 15h. O “Concurso estudantil de cinema um minutinho” premiará com R$ 200 (duzentos reais) os cinco melhores filmes, sem indicação de colocação, que serão escolhidos por profissionais das áreas do audiovisual, comunicação e produção cultural, indicados pela organização do “Clisertão Escola”.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA – CLISERTÃO ESCOLA 2017

9/5 (terça)

8h- Projeto Tomar
– Doação monitorada de livros em escolas.

8h- Preservação e memória
– Curso de Formação do AGPM-Agentes Guardiões de Patrimônio Mirins. Distrito de Rajada. Com a Criatur-Consultoria em Turismo Pedagógico).

Local: Escola Malaquias Mendes.

8h- Oficina de criação literária com o escritor Bruno Liberal (Vencedor do Prêmio Pernambuco de Literatura 2013).

9h- Petrolina memória
– Palestras com D. Romilda Ferreira, autora do livro Petrolina: pessoas simples de passagem por sua história. Distribuição de exemplares do livro homônimo. Coordenação: Kátia Gomes e Aparecida Brandão.

9h-Mesa de glosa
– Construção de poesia a partir de mote divulgado na hora; nova forma de se fazer repente. Com poetas da região do Pajeú: Zé Adalberto e Lenelson

Local: Auditório Central da Facape

14h-: Oficina de literatura de cordel com Maviael Melo.

Local: Escola CAIC

15h- A Negação do sagrado e do capitalismo no poema  “A triste partida”, de Patativa do Assaré. Palestra com Genivaldo do Nascimento.

Local: Escola de Aplicação

19h- O sertão na música
-Show voz e violão/debate. Com Vlader Nobre.


10/5 (quarta)

8h- Projeto Tomar
-Doação monitorada de livros em escolas.

8h- Preservação e memória
-Curso de Formação do AGPM-Agentes Guardiões de Patrimônio Mirins. Distrito de Rajada. Com a Criatur-Consultoria em Turismo Pedagógico.

Local: Escola Malaquias Mendes.

9h- São João do Carneirinho: Entre o popular e o erudito
-Palestra com Elisabet Moreira. Coordenação: Aparecida Brandão.

9h- Histórias de Cordel
-Contação de histórias de cordel. Com o Grupo Meninos do Cordel. GECORDEL- Grupo de Estudos sobre o Cordel/FACAPE.

15h30- Conversando com J. Borges.
-Palestra com o cordelista J. Borges, Prêmio Vivo de Pernambuco e um dos maiores artistas populares da América Latina.

Local: Escola de Referência em Ensino Médio Clementino Coelho – EREMCC

15h-Leitor na livraria
-Visita de 30 alunos leitores a uma livraria –Shopping de Juazeiro-BA/Nobel. Doação de um livro para cada um deles. Bate-papo com alunos. Coordenação: Cláudia Assad..

9h- Petrolina Memória
-Palestra com D. Romilda Ferreira, autora do livro Petrolina: pessoas simples de passagem por sua história. Distribuição de exemplares do livro homônimo. Coordenação: Kátia Gomes e Aparecida Brandão.

8h- Plano municipal do livro de Petrolina
-Realização de plenárias para a elaboração do Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca de Petrolina-PMLLLB-. Coordenação: Cláudia Assad e Isolda Beserra.

Local: Escola Municipal Eliete Araújo (Centro)

9h-Branca de Neve: Uma análise psicanalítica
-Palestra com Ana Patrícia Silveira, Doutoranda em Literatura. Professora do IFPetrolina

16h:Prêmio Clisertão de leitura
-Premiação em dinheiro aos cinco autores de ações exitosas na área de leitura. Coordenação: Genivaldo do Nascimento e Kátia Gomes.

Local: Centro de Convenções (Secretaria de Educação)

9h- Clisertãozinho
-Teatro e Contação de histórias. Coordenação: Rossana Ramos.

16h- Histórias de Cordel
-Apresentação do Grupo Meninos do Cordel. Com o GECORDEL- Grupo de Estudos sobre o Cordel/FACAPE. Coordenação: Matheus José

19h- Era uma vez…
-Contação de causos por alunos da EJA –Educação de Jovens e Adultos. Coordenação: Kátia Gomes e Zaira Lima.

19h- Eu, leitor
-Roda de conversa com alunos leitores: o quê, quando, onde e como leem. Coordenação: Renata Rios.

Local: Escola Santa Terezinha (Dom Avelar)

19h- Ai, se sêsse
-Recital para alunos e professores. Com o poeta Chico Pedrosa.

Local: Escola Municipal: Jacob Ferreira (Cosme e Damião). Coordenação: Kleber Costa e Simão Pedro

11/5 ( quinta)

8h30-Maracatu e São Gonçalo
-Encontro das danças de Maracatu e de São Gonçalo. Com o Maracatu Nação Matingueiros

Local: Escola Estêvão Rodrigues Coelho (Rajada)

8h- Escola no cinema
-Exibição de filme para 180 alunos no cinema do Shopping. Debate. Coordenação: Aparecida Brandão.

8h- Tropeiros
-Conversa com escritores/poetas locais da região: Hélio Araújo, Fabrício Nascimento, Jaqueline Costa e Graciele Castro. Coordenação: Amy Almeida. Doação de livros. Rodas de conversa em escolas.

14h-18h: Ecoleitura e memória
-Leitura semiótica no Sítio Arqueológico Açude das Pedras- Distrito de Rajada.

9h- Clisertãozinho
-Contação de histórias. Coordenação: Rossana Ramos.)

19h- Um minutinho: Concurso estudantil de curta-metragem.
-Exibição de Filmes de até um minuto sobre temas da literatura, leitura, memória e/ou do livro. Premiação para os cinco melhores filmes. Coordenação: Chico Egídio.

Local da exibição: Escola Estadual: Eduardo Coelho

19h- Ai, se sêsse
-Recital para alunos e professores. Com Chico Pedrosa.

Local: Escola Estadual: Dom Antônio Campelo.

19h- Eu, leitor
-Roda de conversa com alunos leitores: o quê, quando, onde e como leem. Coordenação: Renata Rios.

Local: Escola CEJA João Barracão

12/5 (sexta)

8h- Tropeiros
-Conversa com escritores/poetas locais da região/doação de livros). Quatro autores locais participarão de rodas de conversa em escolas.

8h- Outras palavras com o escritor Mário Filipe (3º Prêmio Pernambuco de Literatura, autor do livro “Caninos Amarelados”) e o Patrimônio Vivo de Pernambuco Dedé Monteiro + Coral “Infância Rimada” – do poeta José Carlos (Sertão do Pajeú).

Local: Escola Estadual Erem Dom Malan

9h: Preservação e memória
-Diplomação dos integrantes do Grupo AGPM-Agentes Guardiões de Patrimônio Mirins. Entrega de certificado, camisa da farda e crachá. Distrito de Rajada.

Local: Escola Estadual Malaquias Mendes

9h-O cotidiano do sertão
-Conversa acerca do trabalho de Veronique Bulteau sobre o Sertão Dionisíaco. Distribuição do livro “Para uma Antropologia do Sertão: Ecologia e sociologia do cotidiano”. Com Elisabet Moreira e Joelma Reis.

Local: Escola e comunidade do Povoado do Caititu-Petrolina.

18h30- O teatro vai a escola
-Apresentação da Peça O santo e a Porca, de Ariano Suassuna. Com o TPA-Teatro Popular de Arte-Petrolina)

Local: Escola José Cícero de Amorim (Rajada)

21h30: Fala de Encerramento do Clisertão Escola 2017

Local: Escola José Cícero de Amorim (Rajada)

 

 

UPE suspende atividades acadêmicas nesta sexta (28/04)

upe-vector

Nesta sexta-feira (28/04), haverá a paralisação de várias categorias (metroviários, rodoviários, bancários, polícia civil, dentre outras), suspendendo suas atividades durante 24 horas.

Diante de tais acontecimentos, respeitando a decisão das entidades da classe da instituição e visando evitar possíveis transtornos de mobilidade ou segurança de nossos professores, servidores e estudantes, a Universidade de Pernambuco (UPE) irá suspender, neste dia, suas atividades acadêmicas e administrativas.

Colégio conclui projeto em Petrolina com festa cultural

IMG_0968

IMG_0980

Uma verdadeira festa da cultura brasileira com direito à Turma da Mônica, palavras cantadas, o mundo colorido de Romero Brito e o universo de Ariano Suassuna. Foi dessa forma a Culminância do projeto ‘Meu Mundo é Assim’, que movimentou a manhã e tarde desta quinta-feira (20) no Plenus Colégio e Curso, em Petrolina – PE.

O evento, que reuniu oito turmas de alunos do Maternal ao 1º Ano, começou com as crianças mostrando a origem da vida e suas fases, a importância da família e sua história. Depois, um público de familiares e professores, aplaudiu a expressão corporal e a musicalidade dos pequenos em números artísticos e animados.

A festa ganhou um colorido todo especial com a entrada em cena do Pré Escolar I que, apresentando o tema ‘A Magia do Castelo Rá TIM BUM, deixou muito claro para a plateia o quanto é importante conviver com as diferenças e compartilhar o ambiente em harmonia.

Ao ritmo da coreografia e ao som da música ‘Vida de Criança’, o encontro também emocionou os presentes com os desenhos expostos, onde os pequenos artistas lembraram as figuras dos índios, dos animais, da natureza. Encerrando a Culminância do projeto, os alunos dos 1ºs Anos vestiram as cores e a indumentária dos cangaceiros nordestinos para, no passo do xaxado e nos versos da literatura de cordel, saudar o público com o ‘Brasil Real de Ariano Suassuna’.

De acordo com a Diretora Pedagógica do Colégio, Sílvia Santos, o “Meu Mundo é Assim’ faz parte dos projetos norteadores da prática pedagógica do Plenus Junior, que segue agora com ‘Eu Conto e Você Conta’, ‘Há Que Se Cuidar da Vida’ e ‘Solidariedade Não Tem Idade’. “Projetos que desenvolveremos até o final do ano com as crianças, incluindo atividades nas áreas de pesquisa, leitura, teatro, dança e artes plásticas, além de socialização, inclusão, solidariedade e o amor entre as pessoas”, completou Sílvia Santos.

Governo do Estado autoriza Concurso Público para UPE. 270 Vagas e salários até R$ 2.600,00

upe

Após diversas negociações com Governo do Estado, o reitor da Universidade de Pernambuco (UPE), Prof. Pedro Falcão, conseguiu a autorização para realização de concurso público para o preenchimento de 270 vagas para servidores técnicos administrativos. O anúncio aconteceu na última quinta-feira (06/04), durante a inauguração de prédio com 16 salas de aula do campus da UPE em Garanhuns.

A decisão por um novo Concurso Público foi tomada pelo governo com base em três principais fatores, são eles: a interiorização da UPE, que ampliou a quantidade de unidades de ensino e de cursos, gerando a necessidade de mais servidores para atuarem nas atividades de apoio; o preenchimento de vagas geradas por aposentadorias e falecimento de servidores; e por encontrar-se com um número de servidores técnicos administrativos abaixo do preconizado pelo Ministério da Educação (MEC), o que interfere negativamente nos indicadores de educação.

Para o reitor da UPE a autorização é um excelente sinal. “Tendo em vista a atual necessidade da Universidade, o número autorizado para nomeação ainda não é o suficiente, mas já sinaliza a intenção do Governo em dar um encaminhamento positivo em solucionar a questão mesmo diante do momento de crise que estamos enfrentando”, ressaltou.

A seleção terá 128 vagas para Analista em Gestão Universitária (nível superior), com salário base no valor de R$ 2.605,45, e 142 para o cargo de Assistente em Gestão (nível médio), com vencimento base no valor de R$ 1.157,98.

O certame fará a seleção para o provimento das seguintes funções: administrador, advogado, analista de sistemas, assistente social, bibliotecário, biomédico, contador, biólogo, engenheiro, fisioterapeuta, pedagogo, psicólogo, secretária executiva, terapeuta ocupacional e tradutor, todos para nível superior.

Já para o nível médio as funções são: assistente administrativo, técnico administrativo, técnico em contabilidade, técnico em arquivo, técnico em informática, técnico em saúde bucal, técnico de laboratório, técnico em secretariado, técnico de enfermagem, técnico em edificações, técnico em radiologia e atendente de clínica odontológica.

O reitor da UPE, informou, ainda, que o edital deverá ser publicado em breve e que essa medida é um reforço para o funcionamento das atividades da Universidade.

A deliberação do concurso terá um custo anual, incluindo encargos, de mais de R$ 8 milhões para o Estado. O último concurso para servidores da UPE aconteceu em 2012, com apenas 50 vagas disponibilizadas apenas para as unidades de educação da Universidade no interior.

Veja abaixo a distribuição das vagas e funções para as unidades da UPE.

UNIDADE/LOTAÇÃO

NÍVEL SUPERIOR

NÍVEL MÉDIO

Esef

06

05

Fcap

04

06

FCM

04

07

Fensg

06

07

ICB

03

05

Poli

10

15

Fop

04

16

Reitoria

50

38

Petrolina

08

08

Mata Norte

08

05

Mata Sul

03

05

Garanhuns

11

11

Arcoverde

04

04

Caruaru

——-

04

Salgueiro

02

03

Serra Talhada

05

03

www.upe.br

Informações da Imprensa da Universidade de Pernambuco

Curso do Hospital Sírio-Libanês tem início em Garanhuns

20170322_094038

Aconteceu em Garanhuns a solenidade de abertura do curso de Especialização em Preceptoria Médica no SUS e Preceptoria no SUS promovido pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês (IEP/HSL). O encontro inaugural foi realizado no auditório da UPE campus Garanhuns, na quinta-feira, 23. O coordenador médico da UPAE Garanhuns, dr. Franco Junqueira, fez parte da mesa diretiva: “Trata-se de um investimento em saúde pública que capacita ainda mais o SUS regional, principalmente pelo conhecimento técnico e reconhecimento internacional da marca Sírio Libanês”, afirma Junqueira, que está inscrito como um dos alunos da especialização.

O curso faz parte do conjunto de iniciativas educacionais dos projetos de apoio ao SUS aprovados para o triênio 2015-2017 para execução pelo IEP/HSL, fruto de  parceria com o Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde – CONASS e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde – CONASEMS em acordo com as diretrizes do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS). A coordenadora de Planejamento e Regulação da V GERES, Fátima Godoy, representou a gestora regional de saúde, Catarina Tenório.

A UPE campus Garanhuns é a instituição receptora do curso na região de Garanhuns. O prof. Dâmocles Aurélio, coordenador setorial de Graduação, representou a universidade na cerimônia de abertura. “Afirmamos o compromisso da instituição nas parcerias que visam a qualificação profissional, sucesso na integração ensino-serviço na cidade e desenvolvimento do SUS”, disse.

Estiveram presentes os representantes dos serviços de saúde municipais e estaduais da região, além da turma de 40 alunos selecionados para o curso que tem carga horária total de 360 h. As aulas da especialização seguem até dezembro de 2017.

Sobre informações da Universidade de Pernambuco.

Para saber mais:
UPAE Prof. Antônio Simão dos Santos Figueira
Rodovia BR 423 km 96,8 – Magano – Garanhuns – PE
Coordenação Geral: Dr. Gustavo Amorim
Fone: (87) 3764.9000

Escola municipal Galdêncio Alves situada no Povoado Jacaré vivencia o dia mundial da saúde

Assessoria de comunicação PMO - Escola Galdencio Alves

A direção da Escola Municipal Galdêncio Alves organizou de forma antecipada no último dia 03 de abril, uma programação especial com alunos da referida escola para vivenciar o “Dia Mundial da Saúde”

Foram realizadas atividades como:

Medida antropométrica, atualização de vacinas

Tratamento coletivo de Geo-helmintíases

Bem como promoção dá saúde para prevenção de arboviroses como Zika, dengue e chikungunya.

Foi o dia de PSE- uma ação multidisciplinar entre Unidade básica de saúde, NASF e escola. Contando com a participação dá equipe, entre eles, ACS, enfermeiros, professores, assistente social.

A INICIATIVA PARTIU DA GESTORA GIRLENE GRANJA E A SECRETÁRIA SILVANETE SOUZA COM O APOIO DA ENFERMEIRA DA COMUNIDADE ADAILENE SOUZA.

ASCOM – Assessoria de Comunicação

SINTELAG pedi aprovação do Projeto de Lei do Piso Salarial

DSC000931Após movimento grevista dos profissionais em educação que durou 06 dias, o SINTELAG – Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Lagoa Grande pedi aprovação do projeto do piso salarial da categoria.

Em oficio o SINTELAG enviou nesta sexta(24) a câmara de vereadores o pedido de aprovação do projeto do piso salarial.

Confira trecho do oficio do SINTELAG  enviado a câmara de vereadores:

” Cumprimento-o cordialmente, servimos o presente para solicitar a aprovação do projeto de lei do piso nacional, desconsiderando o disposto no ofício de nº 07 enviado à esta casa no último dia 14 de março de 2017.”

 

Governo ‘Avante Lagoa Grande’ cria estratégias de pressão para chegar o fim movimento grevista

2017-03-152

Em Lagoa Grande no Sertão de Pernambuco, Servidores da Educação relatam as estratégias do governo de Vilmar Cappellaro(PMDB) para pôr fim à greve dos servidores educacionais.

Na assembleia dos servidores da educação realizada hoje(24), alguns servidores relataram que comissionados da SEDUC – Secretaria de Educação do município e diretores de unidades escolares, orientados pelos mesmos, teriam entrado em contato com servidores que estão em readaptação e servidores em estágio probatório.

A alegação foi que tais não deveriam aderir à greve, pois poderiam perder seus concursos, uma servidora alegou que a gestora de sua unidade a ligou e disse que a mesma deveria retornar, pois estava condicionada a perder o concurso por estar em estágio probatório.

A servidora disse ainda que estava cumprindo até sete horas diárias de trabalho.

Entre a luta pelo seus direitos, o professor Evaldo disparou críticas a um servidor da SEDUC, onde esse servidor  teria dito que a greve é politicagem, ilegal e inconstitucional.

Eu disse ao mesmo que só o STF pode julgar se é ilegal. A greve é um direito do servidor público, previsto no inciso VII do Artigo 37 da Constituição Federal de 1988, por tanto, trata-se de um direito constitucional. E nenhum servidor poderá ser prejudicado por aderir ou não a mesma, conforme detalha a Lei 7783/89 que dispõe sobre o direito de greve”, respondeu o professor Evaldo.

Por tanto, como perguntar não faz mal: Em que se basearam os servidores da SEDUC e gestores que ligaram para os servidores com tais informações? Sendo que na Lei 001/16 do Estatuto do Servidor Público do Município, não há nada sobre o assunto?

 

Com a palavra a SEDUC – Secretaria de Educação de Lagoa Grande-PE.

 

Voltas as aulas: Movimento grevista dos profissionais em Educação de Lagoa Grande chega ao fim

17408337_1240654942679789_1667276782_o

Em assembleia realizada na manhã de hoje(24), na Escola Nossa Senhora Auxiliadora, o SINTELAG e os servidores decidiram retornarem as atividades a partir da próxima segunda-feira(27).

O sindicato deu a opção aos servidores, tendo por base um pedido do governo para análise de impacto financeiro, e alegando que a primeira classe do administrativo já estaria contemplada com o decreto que regulamenta o salário mínimo, ficando assim, as demais para serem negociadas após uma análise financeira.

Assim, tudo indica que o projeto de alteração do PCCR – Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração será aprovado na câmara na seção da próxima terça-feira(28).

Confira o oficio enviado ao prefeito:

“Exmo. Senhor Prefeito

Cumprimento-o cordialmente, servimos o presente para informar que em assembleia, realizada no dia 24 de março de 2017, os servidores em educação deste município, deliberou pelo fim da greve iniciada no último dia 17 do mês em curso, retornando as suas atividades normais na próxima segunda-feira, dia 27 de março de 2017. “

Lagoa Grande: Servidores da Educação em greve endurecem o discurso com Cappellaro. “Nós não vamos baixar a cabeça”

DSC01468

Em Lagoa Grande(PE) os servidores em educação do município em greve nesta terça(21) foram a Casa Zeferino Nunes reivindicar seus direitos da correção do piso salarial dos professores e auxiliares administrativos.

O professor Evaldo, na tribuna da Casa Zeferino nunes nesta terça(21) pediu ao gestor que olhe para a classe menos favorecido do município

“Os servidores municipais administrativos, é o que menos representa na folha de pagamento desta prefeitura”, disse Evaldo.

Segundo o professor quando foi criado o PCCR na gestão passada o aumento chegou somente a R$ 15 mil reais, o quê para o professor não comprometeu o orçamento municipal.

“E agora vai dar quanto, 16, 17, 20 mil reais? Cadê a contabilidade da prefeitura pra botar isso em prantos limpos e, levar isso pra aprovação esse projeto trazer ele aqui pra câmara? ”, questiona o professor.

Na tribuna da Casa Zeferino Nunes, o professor voltou a reafirmar o que disse na manifestação realizada nesta segunda(20) na praça Hermes Amorim:

“Nós não vamos baixar a cabeça. Enquanto não aprovar o plano enquadrando os administrativos, professor não volta a dar aula. Porque quem faz a merenda, a limpeza das escolas, são eles, são vocês, nossos colegas administrativos”, disse o professor Evaldo.

O professor mostrou a união entre os professores e os servidores administrativos dizendo que não há duas classes e também pediu para que o gestor analise dos salários dos grandes cargos existentes na prefeitura.

“Façam uma análise dos grandes cargos que recebem dinheiro acima de R$ 5 mil, R$ 4 mil, e vê onde vocês podem bater a caneta e melhorar a situação do funcionalismo”, frisou o professor.

“A atual gestão tem mendigado um direito conseguido por esse povo a duras penas, são anos e anos de luta”, disse um dos grevistas, David Paulo.

DSC01460

Davi disse ainda que a atual gestão enviou o projeto a revelia da classe para o legislativo.

“A atual gestão por revelia da classe, por duas vezes seguida enviou a esta casa, o PCCR tirando da pauta para a votação as tabelas que enquadram os ASG´s, os Vigias, Pessoal de Secretaria, estamos tendo nossos direitos mendigado” , disse David.  

Após projeto ser protocolado no legislativo, segundo David, os profissionais procuraram o executivo municipal e não obtiveram nenhuma resposta, o que fez com que através do SINTEPE fosse solicitado a mesa diretora a não aprovação do projeto por estar incompleto, sendo a categoria atendida.

De acordo com o servidor até então a categoria não recebeu nenhuma resposta do prefeito Vilmar Cappellaro.

“Nós somos uma classe que gosta de dialogar, nó somos uma classe que estamos dispostos abertos ao diálogo”, diz o servidor.

O servidor em entre linhas disse que o gestor vem se mantendo calado.

 “Nós queremos e nós exigimos, respostas mais concretas da atual gestão, se há problema com finanças que mostre, coloque na mesa, se o problema é jurídico, entre na disputa com a gente abertamente”, esclarece David Paulo.