Filho de Lagoa Grande é mais um aprovado em medicina na UPE em 1º lugar

16934082_769642766520626_1218925082_n

Lagoa Grande no Sertão de Pernambuco, vem ganhando destaque quando o assunto é aprovação de universitários,  filhos da terra, conhecida como a Capital da Uva e do Vinho.

Desta vez, foi Felix kaique Bernardo Borges, filho de policial militar, 22 anos de idade, foi aprovado em 1° lugar em Medicina na Universidade de Pernambuco, Campus Garanhuns(PE) pela mobilidade acadêmica 2016.2.

Felix kaique é  Quilombola da Comunidade do Lambedor no interior de Lagoa Grande, ele é membro da tradicional família dos Borges.

Ele estava no 8° período do curso de enfermagem e agora vai cursar medicina.

O edital foi lançado para mobilidade interna e externa da UPE… fiz minha inscrição… foi avaliado meu histórico durante todo o curso de enfermagem e foram pegues todas as médias das disciplinas comuns com o curso de medicina”, disse Feliz Kaique.

Com os cálculos realizados foi extraída média de Feliz e, com isso, ficou em primeiro lugar geral do curso de medicina dos campus Serra Talhada e Garanhuns.

“Mas quando me escrevi, tinha optado por Garanhuns, só consegui porque as médias são boas e alto desempenho”, completou Feliz.

Utilidade Pública: Seduc convoca universitários para realizar cadastro

A Secretaria de Educação (SEDUC), convoca em caráter de urgência todos os universitários das instituições: Univasf, UPE, Facape e IF – Sertão, para realizarem o cadastro estudantil. Segundo Sandra Diniz, chefe dos transportes, só terá acesso ao veículo, os universitários devidamente cadastrados e com posse da carteirinha.

Os estudantes da sede devem procurar Sandra Diniz na Seduc, já os universitários dos Vermelhos, devem procurar a comissão estudantil, na pessoa de Felipe Antonio.

O prazo para o cadastro segue até a próxima sexta feira (24), os estudantes, além de um documento de identificação com foto, devem levar um documento que prove o curso e a instituição de ensino, além de fotos 3×4.

Senac abre inscrições para cursos técnicos em Petrolina

senac

Capacitar profissionais para o mercado de trabalho de forma rápida e eficiente, aliando conhecimento teórico à vivência prática. É com esse objetivo que o Senac oferta cursos técnicos em vários municípios de Pernambuco, com oportunidades para turmas presenciais e também para Educação a Distância (EAD). Em Petrolina, por exemplo, a instituição está com vagas abertas para quatro cursos em diferentes áreas.

Técnico em Administração e Técnico em Transações Imobiliárias são as opções presenciais, com aulas acontecendo de segunda a sexta-feira. O curso Técnico em Transações Imobiliárias aborda conteúdos referentes a processos documentais na venda de imóveis, ensinando o aluno a ter conhecimento nos trâmites desse mercado. Já o Técnico em Administração busca orientar os estudantes sobre como gerenciar uma empresa, tendo como foco o setor financeiro.

As inscrições podem ser feitas presencialmente, na secretaria do Senac (Rua Projetada, nº 650, Antigo Aeroporto), até a data de início de cada curso ou enquanto houver vagas disponíveis.

Educação a Distância

Para os estudantes com uma rotina mais apertada, há a opção de cursos técnicos via Educação a Distância (EAD) em duas áreas: Design de Interiores e Guia de Turismo. Nesses casos, as aulas acontecem no ambiente virtual, com o aluno tendo a oportunidade de fazer seu próprio horário e estudando o conteúdo onde quer que esteja. No entanto, vale ressaltar que há um encontro conectado por mês, quando o estudante precisará comparecer ao polo (unidade de Petrolina) para ter contato com os tutores via webconferência.

Os interessados em fazer cursos via EAD devem realizar a inscrição através do site www.ead.senac.br até o dia 19 de março. Vale ressaltar que, nesta modalidade, comerciários possuem desconto de 20% e os documentos da inscrição podem ser entregues na secretaria do Senac Petrolina até o fim do primeiro módulo. Informações sobre prazos e valores pelos telefones: 0800 081 1688 (Central de Atendimento Senac) ou 0800 642 1606 (Senac EAD).

Confira a tabela com detalhes de cada curso:

PRESENCIAL

Curso

Carga Horária

Período

Dias das Aulas

Horário

Técnico em Administração

1.000h

02/03/2017 a 08/05/2018

Segunda a Sexta

7h30 às 11h30

Técnico em Transações Imobiliárias

920h

06/03/2017 a 10/02/2018

Segunda a Sexta

19h às 22h

EAD

Curso

Carga Horária

Período

Dia do Encontro Conectado

Horário

DesignInteriores

800h

03/04/2017 a 14/05/2018

Segunda-feira

19h às 22h

Técnico em Guia de Turismo

800h

03/04/2017 a 30/04/2018

Segunda-feira

19h às 22h

Lagoa Grande: Aluno cai em buraco na Escola Antonio de Amorim e quebra perna e pai acusa direção de não prestar socorro. Mas o diretor da escola se defende

DSC00969

DSC00975

DSC00982

DSC00967

Em Lagoa Grande(PE), um aluno da rede estadual Escola Antonio de Amorim, sofreu acidente ao cair em um buraco dentro da referida escola e veio a quebrar a perna direita na última quinta(16) e o pai do aluno acusa a escola de não ter prestado socorro.

O aluno Erison Daniel Nunes, de 14 anos, que reside no Assentamento Baixa do Juazeiro, interior do município, no horário de intervalo das aulas ao tentar acessar a quadra poliesportiva da citada escola, veio a cair em um buraco de aproximadamente 1,20m de profundidade que estava aberto ao lado da quadra.

16730236_212032249271642_1746785867926920032_n

Na última sexta(17), o Lagoa Grande Notícia a pedido do Senhor Francisco Nunes, pai do aluno, esteve acompanhando o mesmo para ouvir as explicações da direção da escola.

 Para o diretor Professor Cleilton Mota o que aconteceu com o aluno foi uma fatalidade.

“Agora o que aconteceu com seu filho foi uma fatalidade, que eu até tava aqui na escola nos chamaram e eu fui lá prestar os primeiros socorros com o vigia  ele tava até no chão e eu perguntei si tinha quebrado alguma coisa…não professor… tá só inchado a gente levantou e o vigia conduziu ele até um local pra ele ficar sentado, pra ver se desinchava o pé e tudo mais”, explicou o diretor Cleilton.

O diretor disse que o aluno acessou a quadra pelo lado errado, no caso, o aluno acessou a quadra pela parte de trás, pulando a arquibancada o que não é correto.

Cleilton rebateu que o mesmo tenha  caído no buraco e, sim  que o mesmo pulou a arquibancada.

“Ele tava assistindo o jogo e escorregou e caiu no buraco”, disse Francisco.

A quadra é totalmente aberta sem nenhum tipo de alambrado ao redor tendo a arquibancada com a parte de trás sem nenhuma proteção com uma altura bastante elevada, o que não impedi de os alunos subirem na parte traseira da arquibancada para ter acesso a quadra.

Com uma semana em que o buraco encontra-se aberto, o pai do aluno questionou a demora na substituição do poste, com isso, oferecendo perigo aos alunos, e de acordo com o diretor, o buraco estaria aberto a uma semana   devido estar aguardando uma empresa particular enviar um caminhão muque para fazer a substituição do poste.

Mas infelizmente, o quê que acontece…a Celpe ela não coloca dentro da escola, o muque ele me disse ter que tá o buraco pronto pra chegar quando chegar lá e levantar o poste, infelizmente o buraco tá lá pra quando o muque chegar já ter o buraco, se o muque entrar e não tiver o buraco não consegue erguer o poste”, explica o diretor.

Francisco Nunes, acusou a escola de não ter prestado socorro ao aluno enviando o mesmo para o hospital para averiguações  e o diretor da escola rebate, afirmando ter prestado socorro no momento, onde segundo o diretor, o aluno alegou não estar sentindo dores e dai por diante não houve nenhuma manifestação do aluno.

“Perguntei se tinha quebrado e ele disse que tava tudo bem”, disse o diretor.

O que para o pai do aluno, o mesmo estava com medo de falar, sendo que quando chegou pra busca-lo seu filho estava chorando com dores e o mesmo levou para o hospital constatando que havia fraturado a perna.

O diretor não teve conhecimento que o aluno teria quebrado a perna e que seu pai o teria socorrido para o hospital.

O diretor afirma que jamais se negou a prestar socorro a qualquer aluno que venha a se acidentar na escola e pediu desculpa pelo ocorrido.

“Mas o meu o senhor não socorreu…eu cheguei ele tava chorando agarrado na perna eu cheguei aqui peguei ele no braço não teve um vigia não o teve o senhor que me abrisse nem a porta do carro pra botar ele dentro”, acusa o pai do aluno.

O diretor disse ainda estar pronto para ajudar no sentido de não prejudicar o andamento dos estudos do aluno no período em que o mesmo estiver impossibilitado de vir até  a escola.

Neste domingo(19) segundo informações, o diretor esteve visitando o aluno e seus país em sua residência.

A escola segundo o diretor Cleilton, tem um projeto de reestruturação da quadra transformando a mesma em uma quadra poliesportiva coberta mas que faz bastante tempo que foi solicitado, no entanto, ainda não foi atendido pelo estado.

 

Educação de Ouricuri(PE) decadente

Educação de Ouricuri Decadente (1)

Educação de Ouricuri Decadente (2)

Educação de Ouricuri Decadente (3)

Hoje (20/02), iniciaram-se as aulas no distrito de Santa Rita, no município de Ouricuri, no sertão de Pernambuco.

A situação em que se encontra a única escola da comunidade é precária, logo na entrada, nos deparamos com um portão quebrado, o mesmo se encontra escorado com paus e pedras.

Algumas janelas já não existem, outras são improvisadas com pedaços que cadeiras e mesas da própria escola, que foram quebradas, sem contar os banheiros, que além das janelas quebradas e improvisadas, se encontram sem o excencial, os vasos sanitários e as pias, e em quase todas as salas de aula, o forro de gesso estão trincados, quebrados, e alguns até já caíram, paredes sujas, que a mais de quatro anos não são pintadas.

Além do mais, faltam cadeiras.

Isso tudo, podemos observar numa única visita, imagine os demais problemas internos.

Já na creche, o cenário não é diferente, além de não encontrar ninguém na secretaria, nos deparamos com salas de aulas fechadas e sujas, que segundo funcionários da mesma, não foram limpas por falta das chaves que sumiram.

Tantas desculpas, o tempo que não foi suficiente, as chaves que sumiram, as cadeiras que não chegaram!

Já se passaram quase dois meses dá atual administração do Sr. Ricardo Ramos, e esses probleminhas não foram resolvidos, e o  interessante é que ele afirmou várias vezes em seus discursos, que EDUCAÇÃO seria prioridade em seu governo.

É Bom observar, que o ano, e o mandato do Sr. Ricardo Ramos está apenas começando, e as promessas já estão sendo deixadas de lado.

Reportagem: Erquison Ferreira

Família Ribeiro Torres de Lagoa Grande e mais um educador aprovado em concurso público

16649142_1287288628007350_5965786435998901537_n

Lagoa Grande no sertão de Pernambuco, vem sendo premiado com uma larga aprovação de profissionais em universidades, cursos profissionalizantes e na área da educação vem sendo destaque.

Filhos da terra ve se destacando em várias áreas sendo aprovados e já se colocando no mercado de trabalho.

Na área da educação a família Ribeiro Torres é destaque, na gestão passada  o município teve o melhor secretário de educação do município em relação a outros que passaram pelo cargo, Daniel torres, ele que também professor com grande qualificação educacional.

E agora a irmão do ex secretário, Bruna Ribeiro é aprovada no concurso para professores do estado de Pernambuco, para língua portuguesa, ela que já efetiva do estado.

O ex secretário Daniel Torres, orgulhosamente em sua página do facebook parabenizou os aprovados em especial a sua irmã.

Confira:

“Parabéns aos primeiros nomeados no Concurso Público para professores do Estado de Pernambuco, em especial a minha irmã Bruna Ribeiro que juntamente com a já efetiva e excelente Adelma Pereira são as novas nomeadas pelo Governador para o cargo de professora de Língua Portuguesa em Lagoa Grande”.

 

E o Lagoa Grande Notícias também os parabeniza e deseja muito sucesso na jornada.

Auditoria do TCE de Pernambuco colabora com Operação da Polícia Federal em prefeituras do Agreste

16729500_1464287603582067_5683380407840010800_n

A Operação “Cosa Nostra”, deflagrada pela Polícia Federal nesta quarta-feira (15) em diversas cidades do agreste de Pernambuco, tomou como base, entre outras informações, o relatório de uma auditoria especial feita pelo Tribunal de Contas para analisar a prestação de serviços de transporte escolar no município de Agrestina.

Os auditores do TCE encontraram diversas irregularidades na contratação das empresas que atuavam, não só em Agrestina, como também em outras prefeituras do agreste. O relatório, cujo processo (TC 1721097-5) é de relatoria do conselheiro João Carneiro Campos, foi concluído e enviado ao Ministério Público Federal, juntamente com toda a documentação.

A operação “Cosa Nostra”, em ação conjunta com o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), teve o objetivo de desarticular uma organização criminosa que vinha cometendo fraudes em processos licitatórios em 10 prefeituras do agreste. De acordo com a Polícia Federal, a organização contava com a participação de agentes públicos municipais para fraudar as licitações e direcionar os resultados, de modo a beneficiar parentes, políticos e empresários.

Cerca de 70 policiais federais e membros da CGU cumpriram 17 mandados de busca e apreensão nos municípios de Agrestina (3), Caruaru (6), Garanhuns (7) e São João (1) para apreender documentos, planilhas e mídias de computador que vão auxiliar nas investigações em andamento.

Segundo a PF, oito pessoas suspeitas de envolvimento serão indiciadas e podem responder por crimes de frustração de caráter competitivo de licitação, fraude na contratação, corrupção ativa e passiva e crime de responsabilidade, cujas penas somadas ultrapassam os 30 anos reclusão.

No TCE, a próxima etapa do processo será a notificação dos interessados para apresentação de defesa. Ainda não há data para julgamento.

Gerência de Jornalismo (GEJO).

“Prefeito resolva. Vossa Excelência tem condições para resolver”, cobrou a Presidente Iara Evangelista ao prefeito Vilmar Cappellaro, providencias na disponibilização do transporte Universitário

DSC00953

Na sessão da última terça(14), a primeira sessão ordinária conduzida pela presidente vereadora Iara Evangelista(PSB), a presidente cobrou com firmeza ao prefeito Vilmar Cappellaro(PMDB) providencia na disponibilização do transporte para os universitários.

A presidente que recentemente terminou sua faculdade, disse saber das dificuldades pelas quais passam os estudantes e se comprometeu no apoio aos universitários.

“Quero dizer aos universitários que podem contar comigo. Estou com vocês. Eu sei as dificuldades de estudantes, pois a poucos meses terminei minha faculdade e, não tem coisa pior que você ter a certeza que o transporte tá lá pra você ir pra faculdade pra você retornar e na hora não ter”, disse a presidente, vereadora Iara Evangelista.

Na presença do prefeito em seu discurso na tribuna a presidente cobrou agilidade na contratação do transporte em caráter de urgência lembrando ao gestor que educação é prioridade.

“Prefeito resolva. Vossa Excelência tem condições para resolver e com caráter de urgência, pois educação é prioridade”, frisou a presidente categoricamente.

Ao final o seu discurso parabenizou aos colegas vereadores pela pontualidade dos discursos e disse que irá seguir o Regimento Interno.

 

Falta de transporte para Universitários gera polêmica e forte debate entre vereadores na primeira sessão da Casa Zeferino Nunes

Diante da atual gestão do prefeito Vilmar Cappellaro(PMDB) não disponibilizar transporte escolar para os universitários de Lagoa Grande que estudam em Petrolina e Belém do São Francisco, o assunto tem gerado polemica.

Nesta terça(14) na primeira sessão ordinária da Casa Zeferino Nunes a falta do transporte universitário foi assunto de pauta e forte debate entre os vereadores de oposição e situação.

DSC00886

Vereador Vavá(PSB)

“Mas a gente estar falando de universitários, alunos educação, então a gente precisa se sensibilizar com isso, nós precisamos realmente achar uma solução juntos, porque teve a doze anos, teve a doze anos minha gente, tem alunos fechando o período, tem alunos desistindo, tem alunos perdendo a faculdade. Então eu peço a gestão mesmo, vamos se unir, vamos ver o que a gente poder fazer pra que a gente resolva essa solução e digo mais…se for pra contribuir eu dou R$ mil reais do meu salário pra contribuir com os universitários”, disse o vereador Vavá(PSB).

Vereadora Rosa Farias(PRB)

DSC00908

Em resposta a vereadora da situação Edneuza Lafaiete, a vereadora da oposição rebateu relembrando as dívidas deixadas pela gestão da ex prefeita Rose Garziera na secretaria de educação.

“Quero dizer que na gestão de Rose Garziera, ficou sim um rombo também, inclusive o desvio do dinheiro do transporte escolar, mas quero também dizer, que nem por isso o prefeito Dhoni deixou os alunos penalizados(…) tenho certeza que o nosso prefeito em pouco tempo vai resolver essa situação”, disse a vereadora Rosa Farias.

DSC00944

Vereador Carlinhos Ramos(PSB)

“Eu tenho certeza que muitos alunos alguns já lhe procuraram, os pais que muitos não estão frequentando a universidade porque não conseguem pagarem,  agente sabe que a média de renda da maioria das pessoas do nosso município é um salário minimo e quando tira ai 10 reais, 7 reais pra pagar diariamente esse transporte com certeza falta em outra coisa(…). tem vários aluns no município sendo prejudicados não pode mais  estar esperando por um momento certo, e as aulas do  município já iniciara ontem e os transporte para os alunos do município já se iniciaram,  porque não de ter sido incluído também nesse mesmo contrato o transporte para Petrolina”, disse o vereador Carlinhos Ramos.

A bancada da situação, nos discursos dos seus vereadores, os discursos foi de pedir paciência e pedir o diálogo na busca para encontrar uma solução, assim como, garantem que o prefeito irá resolver o problema do transporte para os universitários.

 

 

 

Alunos vão a Casa Zeferino Nunes reivindicar da gestão Vilmar Cappellaro transporte escolar universitário

DSC00820

Nesta terça(14),  dado início aos trabalhos legislativos da câmara de vereadores de Lagoa Grande no Sertão de Pernambuco da nova legislatura, universitários lotaram o plenário para cobrar a volta do transporte para os universitários.

O universitário Felipe Antonio, ele que mora no Distrito de Vermelhos e estuda o curso de Geografia na UPE Campus de Petrolina, esteve na tribuna cobrando ao prefeito Vilmar Cappellaro(PMDB) e aos vereadores, a disponibilização de transporte universitário.

Felipe Antonio  retratou a angustia dos universitários sem o transporte e destacou que com a implantação do transporte a 12 anos foi renovado e mudado o quadro bastante triste que tinha a maioria dos municípios nordestinos pernambucanos onde pouco estudantes de baixa renda e filhos de trabalhadores tinham acesso ao ensino universitário.

O transporte foi implantado em 2004 na gestão do ex prefeito Robson Amorim e teve continuidade na gestão da prefeita Rose Garziera e também na gestão passada do ex prefeito Dhoni Amorim, o que possibilitou a formação de muitos profissionais filhos da terra.

DSC00809

“A nossa angustia se inicia-se nos primeiros dias de fevereiro, quando especialmente nós alunos da UPE Campus Petrolina, devido a ocupação que ocorreu lá retornamos mais cedo”, disse Felipe Antonio.

Segundo ele, os universitários procuraram o secretário de educação Willian César, para obter respostas, mas que na primeira reunião o secretário alegou condições que se tornaria inviável para a continuidade do transporte.

“Buscamos os responsáveis, a pessoa do secretário de educação César, pra que nos desse resposta, nossa primeira reunião ele alegou todas as condições que no momento se tornaria inviável para a continuidade desse transporte, alegou condições financeiras e logísticas licitatórias do município”, explicou o universitário.

Ainda de acordo Felipe, a comissão dos universitários aguardaram a segunda reunião no mês passado com o prefeito Vilmar Cappellaro, onde o gestor pediu paciência aos universitários e nada de lá pra cá foi resolvido e os universitários vem pagando do próprio bolso para não ficarem prejudicados em seus cursos, onde outros por falta de condições financeiras não estão indo a faculdade e estão sendo prejudicados.

O prefeito Vilmar, esteve presente na abertura dos trabalhos legislativo e pode ouvir a solicitação dos universitários, diante da falta do transporte universitário que vem se transformando em polêmica.