Curso ministrado pelo artista plástico Ranilson Viana é sucesso no Riacho do Recreio, interior de Lagoa Grande, PE

Aconteceu neste final de semana na comunidade do Riacho do Recreio em Lagoa Grande (PE), um curso de esculturas em argila ministrado pelo consagrado artista plástico Ranilson Viana. O curso foi uma ação articulada pelo líder comunitário Marcos Nunes e foi uma parceria entre o Centro de Cultura Ana das Carrancas e a Associação Comunitária dos Produtores Rurais do Riacho do Recreio (ASCOPRURIR). O Centro de Cultura Ana das Carrancas esteve representado pelas filhas da saudosa artesã, a artesã Maria de Ana que presenteou Marcos Nunes com uma peça produzida pela mesma e Ângela que coordena o centro.

O curso foi ministrado para 32 pessoas que saíram ao final do curso bastante animados. O artista plástico Ranilson Viana afirmou que a turma mostrou uma grande habilidade o que o deixou bastante feliz. O presidente da Associação,  Alexandro Barbosa, agradeceu a todos e afirmou que outros cursos serão buscados para melhor desenvolver a comunidade.

Para Marcos Nunes, essa foi uma ótima oportunidade de confirmar os dons artísticos escondidos na comunidade e que o mesmo ficou bastante satisfeito com o resultado.  Marcos agradeceu ao centro de cultura Ana das carrancas e ao artista plástico Ranilson Viana por ter se disponibilizado a vir num final de semana fazer esse curso na comunidade.

 

‘Defensores da vaqueirama’

DSC04336

Quando se trata em defender e apoiar a cultura nordestina sertaneja em relação aos esportes de vaqueiros, os vereadores Iara Evangelista(PSB) e Gabriel Menezes(PSL) não medem esforços.

Vereadores de primeiro mandato, não somente tendo em comum, o gosto pela política, eles também  fazem com muita responsabilidade parte de bancada da oposição em seus municípios, ela vereadora oposicionista na Casa Zeferino Nunes em Lagoa Grande e, ele vereador de oposição na Casa Plínio Amorim em Petrolina.

Outra característica entre ambos, é serem apoiadores e defensores da vaqueirama e seus eventos culturais que mostram a coragem do bravo vaqueiro sertanejo.

Nesta defesa e no apoio eles vestem verdadeiramente a camisa.

Em Recife, lançamento do livro “Lampião, à Luz da Lei”

8286dfc3-a870-4e2a-aac5-4ebaf6b37fbd

Identidade histórica do Cangaço é resgatada através do livro “Lampião, à Luz da Lei”

Para entender o cangaço e suas implicações sociais à época em que perdurou, notadamente até 1938, a leitura desta obra é, certamente, a melhor fonte de informações. A história do cangaço, tendo como protagonista a figura de Virgolino, o Lampião, é o tema do livro Lampião, à Luz da Lei.
Escrito pelo pesquisador Antônio Neto, a obra apresenta fatos à luz de documentos da época analisados pelo autor, tais como queixa-crime, diligência policial, exame de corpo de delito, laudo cadavérico, portaria policial, sumário-crime, libelo-crime-acusatório, depoimentos de testemunhas e itens que compõem um processo-crime sob a égide da justiça.
A análise desses documentos, tendo como personagem central a controversa pessoa de Lampião e de sua companheira Maria Bonita, já é suficiente para esclarecer fatos até então tratados de forma alheia à verdade dos documentos. Trazidos ao conhecimento do leitor contemporâneo, os acontecimentos ocorridos naquela época, pasme o leitor, nem sempre diferem dos que ocorrem hodiernamente Brasil afora. Cabe aqui uma pausa para reflexão.
O mérito desta obra reside exatamente no fato de, sob a ótica da pesquisa documental, constituir importante trabalho da historiografia do cangaço, trazendo à tona fatos até então obscuros por falta de provas documentais.

Compareça ao lançamento, que será realizado na Biblioteca Pública do Estado, na Rua João Lyra s/nº, em Santo Amaro, no Recife, no dia 13 de julho, às 17h30.

O lançamento de um livro é um momento de encontros e reencontros, o autor aguarda a sua presença para aquele abraço amigo, e claro, o mais importante, fazer-lhe uma dedicatória especial.

Quem não puder comparecer ao lançamento poderá adquirir o livro por meio dos seguintes locais e pessoas.

Sra. Maria José, pelo telefone: 081-9 8861-0241; E-mail:mariajneto2@outlook.com
Sra. Elvira, pelo telefone: 081- 9 8605-9465.

Novoestilo Edições do Autor. Rua Luiz Guimarães, 555, Poço – Recife –PE.www.culturanordestina.com.brou pelo telefone: 081-32433927

Livraria Jaqueira.
Telefone: (81) 3265-9455.

Canto Sertanejo – Mercado Público da Madalena. Rua Real da Torre, S/N – Recife-PE.
Telefone: 081- 3446-8536

Antônio Neto nasceu em Serra Talhada (PE), é graduado em engenharia civil e pós-graduado em engenharia de segurança do trabalho pela UFPE. Membro efetivo da Cadeira 28 da Academia Serra-talhadense de Letras, da União Brasileira de Escritores (UBE-PE) e da Cadeira 40 da Academia Recifense de Letras, Neto é autor de vários livros, dentre os quais o Dicionário do Engenheiro (3 edições); Manual de Fiscalização de Cargas de Madeira; Um Punhado de Poesia; Pintando o Sete de Poesia e Cordel Cidadão, Pegadas de Um Sertanejo. Vida e Memórias e de José Saturnino. b) Solidônio Leite. Vida e Obra de Um Gênio. Participou de diversas antologias nas categorias conto, crônica e poesia. Organizou e coordenou o I e II Encontro Pernambucano de Escritores pela UBE-PE. Escreveu artigos para a revista “90 Anos do Clube de Engenharia de Pernambuco”, é editor e redator do informativo literário “Correio do Pajeú” e colunista da revista de literatura “Novo Horizonte” e do site www.caderno1.com.br, “Um dedo de Prosa”, onde revela elementos dos autos judiciais contra Virgolino, o Lampião. Enfim, Neto é escritor, pesquisador, biógrafo e poeta.

Presidente da Câmara de vereadores de Lagoa Grande Iara Evangelista, prestigia a Fenearte em Olinda(PE)

19665547_1385403571540681_1495992029711065954_n

19748625_1385402421540796_4867584437054730832_n

A presidente da Casa Zeferino Nunes em Lagoa Grande(PE), a vereadora Iara Evangelista(PSB), esteve prestigiando a 18ª edição  da Feira Nacional de Negócios do Artesanato(FENEARTE) que acontece no Centro de Convenções em Olinda(PE).

A presidente esteve visitando standes de expositores do município e elogiou o trabalhos dos artesãos Lagoagrandenses.

“É um trabalho belíssimo que nossos artesãos estão apresentando aqui na Fenearte, que pra nós é um orgulho termos esses artistas representando nosso município nessa importante feira de artesãos e que ganha o mundo com essas lindas peças”, disse Iara.

A Fenearte 2017 que teve inicio nesta quinta(6), este ano recebe mais de 5 mil expositores em 800 estandes com espaço mais amplos e organizados, tendo o horário de visita das 14h às 22h.

A Fenearte escolheu como tema “A Arte é a Nossa Bandeira” e vai homenagear o ceramista pernambucano Manuel Eudócio, Patrimônio Vivo que faleceu no ano passado e era seguidor do estilo do Mestre Vitalino. Em seus onze dias, a feira deve atrair aproximadamente 300 mil pessoas.

Lagoa Grande: Forró Pega Aí e a Junina Pisa na Fulô no Arraiá do Amorim

19702088_1981077675447297_8956732811228831715_n

Forró Pega Aí e a Junina Pisa na Fulô confirmadíssimo para animar Arraia da Escola Antônio de Amorim Coelho! Convide seus seus amigos, seus pais todos que possam está presente no nosso evento que começa às 19h da proxima sexta feira (07). E o melhor, a entrada gratuita!

Teremos barracas com venda de comidas típicas, som, iluminação, tudo para que possamos fazer um arraia pra lá de bão! “Forró Arrochadim é no Arraiá do Amorim”. Compartilhe essa ideia e participe deste evento que é em prol da formatura dos concluintes de 2017.

Apoio: Grupo Visão Soluções, Centro De Ensino Técnico Santa Luzia, Golinha Produções, Dj Marcilio Jackson, JB Studio (Janay Bruno) e Grafica Lagoa Grande.

ORG: Equipe Gestora, Professores e Concluintes 2017

Ex-empregada acusa deputado Tiririca de abuso sexual

deputado-tiririca-e1499188772864

O deputado federal Tiririca (PR-SP) está sendo acusado pela sua ex-empregada doméstica de assédio sexual. Maria Lúcia Gonçalves alega que foi abusada por Tiririca durante viagens que fez com a família dele em 2016, primeiro para São Paulo e depois para o Ceará.

O caso foi para o Supremo Tribunal Federal (STF) no final de junho de 2017, já que a Corte é responsável por investigar políticos com foro privilegiado, como é o caso de Tiririca. No tribunal, o processo foi distribuído, no último dia 28, para o ministro Celso de Mello.

Na 10ª delegacia de polícia do Distrito Federal, que iniciou as apurações do caso, Maria Lúcia afirmou que o primeiro episódio de assédio sexual ocorreu em maio de 2016, quando ela viajou para São Paulo com Tiririca, a mulher dele, Nana Magalhães, a filha do casal, de 8 anos, e assessores do deputado. Na ocasião, Tiririca daria uma entrevista para o programa do Jô.

Maria Lúcia relatou que ficou no apartamento cuidando da filha do casal durante a entrevista. Ela disse que, quando Tiririca e os demais voltaram, o deputado exalava cheiro de álcool e a agarrou por trás. Tiririca, segundo Maria Lúcia, começou a dizer que faria sexo com ela, diante de todas as outras pessoas presentes, inclusive a menina de 8 anos.

A empregada relatou à polícia que conseguiu se desvencilhar, mas o deputado ficava correndo atrás dela. Maria Lúcia disse que pediu ajuda dos adultos, que, segundo ela, riam da situação. Ela afirmou que apenas a menina a defendeu, empurrando o pai e jogando-o no chão.

Ainda de acordo com o relato de Maria Lúcia, os episódios de assédio continuaram nos dias seguintes, quando ela acompanhou os patrões em uma viagem para um sítio de Tiririca perto de Fortaleza. Ela disse que lá, durante festas promovidas pelo casal, o deputado continuou dizendo que queria fazer sexo com ela e que ela gostaria “se experimentasse”.

A empregada disse ainda que foi apalpada por Tiririca em algumas ocasiões nesses dias. Ela também afirmou que o ex-patrão jogou no mar o celular dela que tinha gravações de algumas frases que Tiririca havia lhe dito.

Maria Lúcia foi demitida logo após a viagem para o Ceará. Na delegacia, Nana Magalhães disse que a empregada consumia bebida alcoólica durante o trabalho e por isso foi dispensada. A mulher de Tiririca disse ainda que, após a demissão, Maria Lúcia começou a fazer ameaças de extorsão.

OUTRO LADO

A defesa de Tiririca afirma que o deputado e a família estão sendo vítimas de extorsão e que a empregada doméstica, após ter sido demitida, em junho do ano passado, exigiu R$ 100 mil reais para não prejudicar a reputação do parlamentar.

com informações de Metrópoles e G1

 

Marília Arraes e Humberto Costa tem encontro com Lula em São Paulo

Visando as eleições de 2018, a vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), esteve  reunida com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e com o senador Humberto Costa (PT), no Instituto Lula, em São Paulo. Em uma articulação do Senador, Marília foi se colocar a disposição de Lula e buscar seu apoio  para disputar o governo estadual.

Humberto Costa já havia apresentado a “estratégia Marília” a Lula há cerca de duas semanas e teria recebido o aval para continuar as conversas em torno do nome dela. A vereadora já vem gestando a candidatura desde que foi reeleita no ano passado. Entretanto, além de articular e percorrer o Estado, Marília pretende se colocar a disposição oficialmente do ex-presidente Lula e ouvir o que o cacique tem a dizer.

Na sua conta em uma rede social Humberto escreveu:  “a vereadora Marília Arraes e eu estivemos nesta segunda-feira com o Presidente Lula, em São Paulo, para debater o futuro de Pernambuco e do Brasil. Só posso dizer a vocês que foi uma conversa muito animadora”, afirmou.

Apesar das incertezas na conjuntura, Lula pretende ser candidato à Presidência da República e já disse a petistas pernambucanos que gostaria de uma candidatura do partido no Estado. Diante disso, o PT pernambucano já começou nos últimos dias a falar mais abertamente sobre uma candidatura própria e, apesar de não cravar um nome, o de Marília está em alta cotação.

Contudo, nada está definido por ora, até porque há encaminhamentos da Operação da Lava Jato em curso que podem atingir o ex-presidente.

A Executiva estadual do PT, que se formou na última quarta-feira (28), se reunirá pela primeira vez nesta terça-feira (04). Além do nome dela, lideranças partidárias também são cotadas internamente como o ex-prefeito do Recife, João Paulo, a deputada estadual Teresa Leitão e o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Carlos Veras.(Nil Jr.)