Pernambuco enfrenta aumento no número de assassinatos e violência doméstica em outubro

Resultado de imagem para sds pe
O estado voltou a registrar crescimento no número de assassinatos no mês de outubro. Segundo dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social, foram 432 mortes notificadas. Em setembro, foram 410. Os casos de violência doméstica também cresceram. No último mês, foram 2.975, em setembro, 2.701. Por outro lado, a resposta dos investimentos em segurança pública já começa a ser percebida. A polícia prendeu 226 suspeitos de homicídio em outubro, 37 detenções a mais que em setembro, o que representa um aumento de 19,5%.
“Apesar de ainda não termos obtido um declínio mais acentuado dos homicídios, depois de sairmos da casa dos 500 por mês, como ocorreu em março e abril deste ano, estamos prendendo cada vez mais homicidas e desarticulando grupos de extermínio. Considerando janeiro a outubro de 2017, são 1.998 assassinos presos”, disse o secretário Antônio de Pádua.
A secretaria destacou que ampliou, em outubro, a base de dados para consulta pública em seu site (www.sds.pe.gov.br), “ratificando o compromisso com a transparência”. A novidade é a publicação das estatísticas de roubos a ônibus e as motivações dos crimes violentos letais intencionais (CVLIs), assim como a condição penal das pessoas assassinadas, “possibilitando uma visão mais aprofundada deste grave problema social que hoje desafia a União e os estados brasileiros”.
 
QUEDA NOS CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO
Em outubro, os crimes violentos contra o patrimônio (CVPs) caíram pelo terceiro mês consecutivo e tiveram a menor frequência desde fevereiro de 2016. Foram 8.429 ocorrências, contra 9.487 em setembro – 14% a menos. Entre as modalidades, a maior redução se deu nas ações contra instituições bancárias. Foi consumada apenas uma investida em outubro, o melhor resultado para crimes contra instituições financeiras desde agosto de 2013.
VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER
Em outubro, foram denunciados e investigados 156 casos de estupro, contra 184 em setembro (- 17,95%). Já os casos de violência doméstica cresceram em relação ao mês anterior: 2.975 em outubro, contra 2.701 em setembro (+ 6,59% na média diária).

ROUBOS A ÔNIBUS

Em outubro, as estatísticas de assaltos a ônibus obtidas por meio do cruzamento dos boletins de ocorrência e a notificação compulsória das empresas de ônibus (conforme portaria do Grande Recife Consórcio), apontaram 65 casos, contra 75 em setembro (- 16,13%) e 107 em outubro de 2016 (- 39,3%). Em 2017, a Força-Tarefa Coletivos prendeu 272 praticantes contumazes. Desde a implantação da FT Coletivos, o número de celulares roubados em ônibus diminuiu. Em setembro houve 360 ocorrências, menos 13,9% em relação ao mesmo mês em 2016. A redução foi ainda maior em outubro, com 239 casos: 37,4% a menos em comparação com o mesmo mês no ano anterior.
Diário de PE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *