Vereadores de Flores solicitam apoio de Armando a projetos contra a Seca

AMN_8042
Seis vereadores e lideranças políticas do município de Flores, no Sertão do Estado, reuniram-se com o senador Armando Monteiro (PTB-PE), nesta segunda-feira (30), e pediram apoio para ações de combate à seca e também para revitalização do Rio Pajeú.
Estiveram com Armando os vereadores Onofre de Souza (PR), Nezinho de Fátima (PR), Patrícia de Fátima (PR), Zé do Fosco (PR), Adeilton Patriota (PT) e Flávia Santana (PDT), além das lideranças Ivanildo do Fosco e Gilmar Miranda. O deputado estadual Augusto César (PTB) intermediou o encontro entre o senador e o grupo político.
Na reunião, os vereadores relataram a Armando a situação dramática que a seca, uma das mais duradouras dos últimos tempos, está impondo à região. O grupo político também reivindicou ao senador ajuda junto aos órgãos competentes por projetos que minimizem os efeitos da estiagem prolongada, além de perfuração de poços artesianos na região.
Os vereadores também trataram com o senador alternativas para revitalizar o Rio Pajeú, que vem sofrendo com a estiagem prologada e o despejo da rede coletora de esgoto.
Foto: Leo Caldas/Divulgação

Fim de semana violento em Lagoa Grande no sertão de Pernambuco

sirene-de-policia13

A cidade de Lagoa Grande viveu um final de semana violento que assustou a população e chama a atenção das autoridades. 02 pessoas foram assassinadas, uma nas proximidades do centro da cidade outra nos Vermelhos, além de outra morte na ponte que divide os municípios de Petrolina e Lagoa Grande e dois acidentes registrados.

Na sexta-feira, 27, foi encontrado o corpo de um homem de prenome Cesar, a vítima era conhecida como “Cafezinho”, filho de um eletricista de Izacolândia por nome Gabriel. No sábado, 28, o corpo de Jean da Silva Santos, 29 anos, carinhosamente conhecido por Jean Dorson foi encontrado sem sinal de vida. Jean Dorson foi cruelmente assassinado na madrugada de sábado em um matagal nas proximidades do centro da cidade. No domingo, 29, um homem que trafegava entre as Fazendas Ducos e Sereníssima, foi vítima de disparo de arma de fogo. Segundo informações chegadas ao blog, trata-se da pessoa conhecida popularmente como “NEGO SEVERINO”, ele vinha na companhia do seu filho, no momento que os assassinos o abordaram e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra a vítima. .

Além dessas mortes outros dois acidentes foram registrados na BR – 428 em Lagoa Grande.

Blog do Everaldo.

Vereador Professor Vavá diz que atletas estão abandonadas pela gestão de Cappellaro em Lagoa Grande

Professor Vavá

Em Lagoa Grande(PE), a gestão do prefeito Vilmar Cappellaro(PMDB) tem sido alvo de críticas em vários setores da administração municipal.

Um do setores que vem sendo bastante criticado pela oposição, é o esporte que não vem acontecendo por falta  de apoio e incentivo da atual gestão.

 Vereador da oposição, Professor Vavá disse na tribuna da Casa Zeferino Nunes na última sessão que esteve no Ginásio de Esporte para assistir um treino das atletas de futsal e, constatou o abandono as atletas sem o apoio da atual gestão.

“E infelizmente, eu junto com a vereadora Rosa, eu fiquei muito triste, fiquei triste, porque a gente não ver o incentivo que deve ser dado, elas estão abandonadas, essa é a verdade, não tem ninguém da gestão apoiando aquelas meninas”,

Elas estão procurando a quem pedir ajuda e não encontra da gestão, e ai eu fiquei muito preocupado

A preocupação do vereador é devido a competição que teve início na última sexta-feira(28), e as atletas não dispõem si quer de material para treinar.

“Elas não têm material, vestimentas que são os padrões, que é obrigatório dois padrões, elas não têm. Bola não têm pra treinar”, denuncia o vereador.

Ainda de acordo com o vereador, as atletas também não contam com apoio dando suporte para resolver as documentações das atletas.

“É o mínimo que deve fazer, porque estão representando   a nossa cidade a novel de estado, são os jogos abertos de Pernambuco”, disse o vereador.

Diante da situação plena de abandono, para o vereador, as atletas irão acabar desistindo, assim como, as atletas do handebol, voleibol. Outra informação é que eventos que aconteceriam no município estão suspensos por falta de incentivo e estrutura.

Em seu discurso o vereador apelou para que a atual gestão venha a dar incentivo apoio ao esporte porque não está acontecendo o que deveria acontecer no esporte do no município.

“Cristiano infelizmente não está conseguindo, agora não é força de vontade dele não, é porque infelizmente quem manda não tá escutando ele, e ele precisa ser escutado pra que as coisa aconteçam”, destacou o vereador.

“A nota do tal do jornalista que é assessor de imprensa, já validou o que eu falei”, ironiza Carlinhos Ramos

IMG-20170906-WA0113Em Lagoa Grande, na última semana, após o vereador da oposição Carlinhos Ramos(PSB) fazer denúncia de merenda escolar sendo transportada em  caminhão de lixo, a assessória  de imprensa da prefeitura,  sem estar por dentro de alguns detalhes, tratou de responder em rádio e notas enviadas aos blog´s.

Apesar dos discursos da bancada da situação na tentativa de apagar o fato, o vereador disse que não tem que provar nada pra ninguém e ironiza:

“A nota do tal do jornalista que é assessor de imprensa, já validou o que eu falei”,

De acordo com o vereador Carlinhos Ramos, a pouco mais de quarenta dias todas as caçambas e máquinas estavam todas sob o comando da Secretaria de Infraestrutura e, sendo até esse intervalo, ou seja, em menos de quarenta dias pra cá, uma das caçambas passou para a Secretaria de Agricultura.

No entanto, segundo explica o vereador, essa caçamba carregou lixo diretamente até os últimos quarenta dias passados, e mesmo assim, vez ou outra, quando necessitava, continuava carregando lixo.

Na defesa, a prefeitura alegou que o caminhão servia apenas para transportar milho da Conab e máquinas, o que foi rebatido pelo vereador na questão da contaminação.

“Mesmo que não fosse lixo, carregando máquinas, essas máquinas entram dentro pra desobstruir esgoto, vai encima da caçamba, é a mesma coisa, contamina do mesmo jeito”, frisa o vereador.

Palestra do Ministro de Minas e Energias Fernando Filho encerra Congresso da UVP em Petrolina. O ministro foi alvo de gritos de ‘Golpista’ por um pequeno grupo

DSC03213

DSC03226

Neste domingo(29), o Ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, foi o palestrante que encerrou o último dia de palestra do Congresso para vereadores e servidores de câmaras, promovido pela União dos Vereadores de Pernambuco(UVP).

O ministro falou sobre a ‘Reforma Política e Atual Cenário Brasileiro’,  e no entanto, proferiu a palestra com tranquilidade e esclarecedora até o momento em que foi aberto espaço para serem feitas perguntas ao ministro, onde terminou em tumulto e gritaria.

Já no final da palestra, um pequeno grupo  de base contrária política a do ministro que estava no auditório, iniciou o tumulto com gritos de golpista direcionado ao ministro após o debate das privatizações que serão realizadas pelo Governo Federal.

O clima esquentou quando  a vereadora Cristina Costa (PT), discordou do ponto de vista do ministro Fernando Filho, quando se falou sobre os benefícios da privatização do Pré-Sal, ocorrida na última sexta-feira, onde o Governo Federal leiloou 8 áreas de exploração.

Fernando Filho que defendeu que as privatizações iriam gerar mais de 500 mil empregos, no entanto, a vereadora Cristina Costa, descordou dizendo que o  ministro teria acabado com o ‘conteúdo nacional’, ou seja, impedindo a participação da indústria brasileira de fornecer bens e serviços. Com a nova lei, o Brasil poderá ampliar o número de desempregados, que atualmente se encontra em 14 milhões.

A petista pediu que o ministro abrisse o dialogo para o debate amplo para discutir sobre o assunto e foi aplaudida pelos participantes iniciando em seguida gritos de ‘golpista’ ao Ministro Fernando Filho.

O ministro deu algumas respostas enfáticas e, não entrou na provocação e logo em seguida com tempo já extrapolado, devido ir pegar o avião para outros compromissos em Brasilia deu a palestra por encerrada.

Senado aprova parecer de Armando que dará acesso da baixa renda ao crédito

Senador-Armando-Monteiro-20032013

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (24), por 59 votos e nenhum contrário, o texto principal do parecer do senador Armando Monteiro (PTB-PE) a projeto alterando a legislação do cadastro positivo, que lista os clientes em dia com suas obrigações financeiras. As mudanças permitirão a redução das taxas de juros e o acesso ao crédito de mais de 20 milhões de brasileiros de baixa renda, atualmente fora do sistema bancário, segundo o petebista. Se não houver alterações (destaques) ao texto a serem votados nesta quarta (25), o projeto seguirá ao exame da Câmara dos Deputados.

Armando explicou que, criado em 2011 com o objetivo de identificar os bons pagadores e, dessa forma, reduzir os riscos dos bancos na concessão de financiamentos, o cadastro positivo inseriu apenas 5,5 milhões de usuários, o que representa menos de 5% do seu potencial de listagem. Se tivesse funcionado a contento, teria   contribuído para diminuir no Brasil o chamado spread bancário (diferença entre o custo do dinheiro captado pelos bancos e o juro final que cobram do cliente), um dos mais altos do mundo, cuja taxa é formada em mais de 50% pelo risco de calote. Com este custo de intermediação menor, cairão também os juros finais ao tomador do empréstimo, completou ele.

MUDANÇAS – O parecer de Armando – elogiado em plenário, entre outros, pelos senadores Jorge Viana (PT-AC), Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Simone Tebet (PMDB-MS) – remove os obstáculos ao bom funcionamento do cadastro positivo. Entre várias modificações na legislação, elimina a exigência de autorização prévia do cliente para ser incluído no banco de dados, mantendo, contudo, o direito de solicitar a exclusão do seu nome a qualquer momento.

Em mais uma alteração, Armando Monteiro incluiu como fontes de dados as empresas de luz e água e as teles, o que permitirá a inserção no cadastro positivo de ampla parcela da população atualmente sem acesso aos serviços financeiros.

“Milhares de pessoas não chegam aos bancos, mas pagam em dia suas contas de luz, água, telefone, aluguel. Esses dados, ao serem incluídos no cadastro positivo, ajudam a diminuir o desencontro de informações das instituições financeiras e permitem a universalização da concessão de crédito com qualidade”, sublinhou Armando Monteiro.

Segundo o petebista, estudo do Banco Mundial mostra que a implantação do cadastro positivo reduz em 40% o risco de calotes e é um instrumento eficiente para maior acesso ao crédito. Armando informou que, principalmente por não terem histórico prévio nas instituições financeiras, quase 15% da população – mais de 20 milhões de brasileiros de baixa renda – não consegue obter empréstimos, problema que será contornado com a inclusão de seus nomes no banco de dados.

“Este projeto de lei, de muita importância, terá impactos altamente positivos no ambiente econômico, pois a oferta de crédito é fundamental ao desenvolvimento”, concluiu Armando Monteiro.

Foto: Ana Luisa Souza/Divulgação

 

Redução no orçamento reflete piora dos serviços prestados à população, alerta Silvio

SCF_231017

O Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2018 (Ploa 2018) revela um aspecto preocupante para as finanças do Estado: a estagnação dos investimentos em educação, saúde e segurança. Os valores apresentados pelo Governo do Estado para 2018 são todos inferiores aos de 2015, primeiro ano do Governo Paulo Câmara, quando foram projetados montantes de R$ 6,3 bilhões para a saúde, R$ 4,4 bilhões para educação e R$ 3,3 bilhões para a segurança. Para 2018, são previstos R$ 5,6 bilhões, R$ 3,4 bilhões e R$ 2,9 bilhões, respectivamente.

“O orçamento da segurança para 2018 é o mais baixo desde 2013 (R$ 3,6 bilhões), último ano em que houve redução dos indicadores de violência em Pernambuco. Na educação, estamos com um montante inferior ao de 2015 em R$ 1 bilhão e na saúde, em R$ 700 milhões e isso compromete, efetivamente, a prestação dos serviços à população”, comparou o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), durante apresentação da proposta orçamentária na Casa, nesta segunda-feira (23).

Durante o debate, que contou com a participação do secretário de Planejamento do Estado, Márcio Stefani, Silvio também fez questionamentos sobre a elevação das despesas com pessoal e encargos sociais, que voltou a crescer depois de três anos consecutivos de queda, e a possibilidade de nova edição do FEM em 2018.

Sobre as despesas com pessoal, apesar do projeto prever uma despesa de R$ 15,68 bilhões no próximo ano, ante os R$ 14,48 bilhões da LOA 2017; o secretário não respondeu se essa margem poderia ou não contemplar previsão de reajuste salarial para o funcionalismo público. Como também não respondeu quando perguntado sobre o FEM e sobre algumas promessas feitas pelo governador Paulo Câmara, como a de dobrar o salário dos professores; construção do Hospital Mestre Dominguinhos, em Garanhuns; ou o Hospital da Mulher de Petrolina.

“O que observamos, na apresentação do secretário, foi a redução dos investimentos; queda nas operações de crédito por causa da falta de articulação nacional do governador; ausência de um programa de valorização do servidor e a falta de uma política de desenvolvimento econômico e social”, avaliou o parlamentar, acrescentando ainda que hoje o que o Governo apresenta como grande feito é o pagamento de salários em dia, o que não é um mérito apenas de Pernambuco, mas também de outros 18 Estados da Federação.

Tadeu: “Temer perdeu autoridade política para governar o País”

Deputado federal Tadeu Alencar - 10102017

O deputado federal Tadeu Alencar (PSB) voltou à Brasília nesta segunda-feira (23) para participar da votação que definirá sobre o prosseguimento da denúncia contra o Presidente Michel Temer (PMDB). A decisão acontece na quarta-feira (25), no plenário da Câmara dos Deputados.

Para Tadeu, hoje a maior parte dos deputados federais – inclusive membros da própria base do governo -, reconhece claramente a gravidade das denúncias, mas é provável que isto não garanta a quantidade necessária de votos para que se instaure o processo criminal no Supremo Tribunal Federal (STF), devido à exigência de quórum elevado: 342 votos.

“O Governo perdeu totalmente a respeitabilidade, a credibilidade e a autoridade política para governar o país – Governo esse que em tão pouco tempo já enfrentou duas denúncias graves feitas pela Procuradoria Geral da República e possui uma agenda de reformas polêmicas e controversas”, diz o deputado, que leu detalhadamente a segunda denúncia durante o voo entre o Brasil e a China, onde participou de missão oficial parlamentar durante a última semana.

“É uma orquestração criminosa, ora tratada por Eduardo Cunha, ora tratada por outros personagens muito próximos do Presidente da República, de modo que é muito difícil imaginar que Temer não estivesse também no topo dessa cadeia criminosa que saqueou o Brasil nos últimos anos”, observa o deputado.

Na última semana, a Comissão de Constituição e Justiça aprovou, por 39 votos a favor e 29 contra, o relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PMDB), que isenta Temer. “No plenário, a maioria deve ser favorável a investigação, mas insuficiente para que o processo seja aberto”, lamenta Tadeu.

Crédito da foto: Chico Ferreira/ PSB na Câmara dos Deputados

No mês que comemora o Dia do Professor, prefeito de Lagoa Grande continua a massacrar Servidores Administrativos da Educação sem regularizar seus salários e vereador da oposição cobra projeto

DSC01437

Em Lagoa Grande(PE), em pleno mês em que se comemora o Dia do Professor, o prefeito Vilmar Cappellaro(PMDB) numa demonstração de desvalorização do servidor do administrativo da educação, continua massacrando a categoria sem regularizar seus salários.

Essa é uma queda de braço que já vem a vários meses entre a atual gestão e os servidores do administrativo da educação e, eles que também dão sua contribuição para ensino municipal.

O vereador da oposição Professor Vavá(PSB) ao parabenizar os professores também fez uma cobrança a atual gestão.

“Quero parabenizar os professores não apenas pelo seu dia específico. Mas por toda uma trajetória que a gente vem venha fazer no nosso decorrer do nosso dia a dia dentro de uma sala de aula ou fora. Por que é um momento de reconhecimento dessa categoria”, disse o vereador.

Ele ainda acrescenta cobrando ao prefeito o projeto de regulamentação do salários dos servidores administrativos da educação:

“Essa categoria não se faz só e, aí a gente pede mais uma vez que reconheça os administrativos. Que é esse momento esse mês seria uma oportunidade do atual gestor mandar esse projeto para cá para que esse projeto fosse aprovado e dar de presente a eles o direito que já é deles. Porque nós sabemos da dificuldade que está acontecendo em relação a esses profissionais”, enfatizou o vereador Professor Vavá.

“Saberá conduzir o PSB com competência”, diz Tadeu Alencar sobre Julio Delgado na liderança do partido na Câmara

Tadeu e Julio

Para o deputado federal Tadeu Alencar (PSB), a escolha de Julio Delgado (MG) como novo líder do PSB na Câmara dos Deputados foi coerente com a história e posicionamento do partido. “Julio Delgado (MG) é um quadro político que orgulha não apenas o nosso partido, mas o parlamento brasileiro. Combativo, coerente, trabalhador e comprometido”, afirma Tadeu.

Em suas redes sociais, Tadeu disse aprovar a escolha de Julio pela competência do mineiro em conduzir o PSB em debates e votações importantes para o país. “Ele já demonstrou sua liderança e diálogo ao garantir o voto fechado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) contra o relatório que tenta isentar o Presidente Michel Temer das graves denúncias de obstrução de justiça e organização criminosa”, lembra o parlamentar pernambucano.

“Em momento tão grave, o PSB não fugirá às suas responsabilidades e Julio Delgado dará contribuição fundamental para que o partido continue o legado de Miguel Arraes, Eduardo Campos e João Mangabeira. Tem minha confiança”, conclui.

Foto: PSB na Câmara/Divulgação